9 de junho de 2011

Canções para se amar..


Dia dos namorados chegando,tudo love,vou deixar uma lista de canções para cada tipo de situação,se tiver alguma musica "porreta" de boa deixe sua sugestão:






01. MÚSICA PARA UM PRIMEIRO ENCONTRO
Hands Down – Michael Stipe & Dashboard Confessionals
Nâo é engraçado quando você sai com alguém pela primeira vez e já sente prazer só de saber que estão compartilhando o mesmo ar? E a partir daí, tudo é um grande suspense sobre como a história vai desenrolar. Você deseja um beijo e também deseja saber se a pessoa deseja o mesmo. E se o beijo acontece, não resta dúvidas de que aquele foi o melhor primeiro encontro de todos os tempos.
Trecho preferido: “My hopes are so high that your kiss might kill me / So won’t you kill me? / So I die happy” | Não há como negar que esta ansiedade que precede o primeiro beijo é também dos prazeres mais gostosos num primeiro encontro.

02. MÚSICA PARA SE DECLARAR
Feeling No Pain – Josh Rouse
Esta não é uma canção qualquer sobre uma declaração amorosa. É uma canção em que o declarante volta a se apaixonar depois de ter o coração partido nalgum outro episódio. É quando encontramos uma pessoa interessante e vamos nos permitindo o envolvimento que surge aos poucos, cheio daquelas dúvidas gostosas que nos impomos para nos flagrarmos com o coração escancarado.
Trecho preferido: “Lately I’ve been feeling no pain / My heart is wide open / and somehow everything / falls into place / and it’s love…” | Eu prefiro esta parte traduzida, acho bem foda declarar-se de coração escancarado, e perceber que de alguma maneira tudo se encaixa.

03. MÚSICA PARA STRIPTEASE
Do You See the Light – Spain
A safadeza desta canção está na conjugação perfeita da letra com a voz, embalada pela guitarra que parece ser tocada com um cuidado dispensado somente às mulheres que queremos comer muito todo dia. À mulher, chapada de languidez, basta seguir o conselho e a ordem do refrão.
Trecho preferido: “Just kiss me girl and hold me tight” | O “Just do it” da putaria.

04. FUCK MUSIC
Like A Child Again – The Mission U.K
.
 
O Sexo consegue mudar drasticamente o humor das pessoas. Através dele nos tornamos deuses, conscientes dos corpos envolvidos no ato e da energia que eles emanam. Descobrimos novos ritmos, assimilamos as mais diversas personalidades, nos comunicamos por uma língua distinta. Repare bem que a batida da música denota uma trepada frenética, e os violinos representam claramente os gemidos. É uma música que te faz querer vestir-se com a alma do outro.
Trecho preferido: “And I’m breathing you in / Just like the morning air / And I’m wrapping you around / Just like a skin to wear” | É simplesmente o trecho que me faz querer estar completamente dentro de uma mulher.

05. PÓS-FUCK MUSIC
The Body Breaks – Devendra Banhart
Imagine as sensações descritas e proporcionadas pela canção anterior. Embora elas nos despertem desejos de invencibilidade, invariavelmente caímos suados e felizes, dormindo sem culpa e desprezando qualquer possibilidade do mundo acabar. Pois bem, imagine a sensação de acordar e relembrar aos poucos o que viveram e sentiram há pouco. Então você descobre uma nova forma de prazer.
Trecho preferido: “The body burns / Yeah, the body burns strong / Until mine is with yours / Then mine will burn on” | É o momento em que você sente que o calor dos seus corpos ainda se mantêm.

06. AMOR NO CASAMENTO
O Mundo Anda tão Complicado – Legião Urbana
Desde adolescente eu sempre sonhei em ter um amor com o qual eu pudesse viver cada verso desta canção, que apresenta o cotidiano de duas pessoas que acabaram de casar e que estão descobrindo e se deliciando com o valor de cada detalhe dessa vida comunzinha. Depois que cresci e casei, a música passou a fazer ainda mais sentido, pois ela consegue resumir boa parte da minha vida com a minha esposa.
Trecho preferido: “Temos a semana inteira pela frente / Você me conta como foi seu dia / E a gente diz um p’ro outro: / – Estou com sono / vamos dormir!” | Existem poucas coisas no mundo que proporcionam tamanho prazer quanto conversar com a pessoa que ama e ainda dormir junto com ela.

07. MÚSICA PARA DANÇAR
The Luckiest – Ben Folds
Prepare o jantar, e depois de satisfeitos, mantenha a luz baixa, ponha esta música para tocar e proponha uma dança. Peça para que a outra pessoa deixe-se levar e apenas preste atenção na letra. Ela vai se sentir a pessoa mais importante do mundo sabendo que você se considera a pessoa mais sortuda do mundo porque todas as merdas que já te aconteceram fez você estar, vivendo esse momento ao lado dela.
Trecho preferido: “Now I know all the wrong turns, the stumbles and falls / Brought me here” / Pra quem, assim como eu, gosta de brincar de teoria do caos do amor.

08. MÚSICA PARA VIAGEM A DOIS
Baby I Need Your Lovin’ – Carl Carlton
Desde a primeira vez que eu ouvi esta canção, no distante 1985, a minha vontade era de pegar a estrada rumo à uma praia deserta num dia quente. Não tardou para que eu soubesse da necessidade de uma mulher nesta minha vontade. A batida, a voz, o refrão, tudo parece celebrar o verão e a paixão inerente a ele.
Trecho preferido: “Some say it’s a sign of weakness / For a man to cry / Then weak I’d rather be / If it means havin’ you to keep / ’cause lately I’ve been losin’ sleep” | Porque é sempre muito bom poder declarer-se sem preocupações, em voz alta, pra todo mundo ouvir.

09. AMOR À DISTÂNCIA
Loucas Horas – Guilherme Arantes
Quem já namorou à distância sabe como os momentos juntos são tratados como sagrados, históricos e épicos. E quando separados, fazemos da nossa vida a mais sofrida, mas inabalável. Contamos cada dia para um novo encontro, esculpindo o amor distante em qualquer rosto ou objeto à nossa frente.
Trecho preferido: “Te quero / o mundo fica perfeito contigo / nas poucas / as loucas horas com você” | É um dos poucos versos que resumem o que é viver sob encontros em doses homeopáticas.

10. MÚSICA PARA ONE NIGHT STAND
Quick Before It Melts – Cinerama
O sexo é das poucas coisas que nos faz perder qualquer traço de sanidade. E se o caso é como nesta canção, em que uma mulher deliciosa diz não estar usando nada sob o vestido, e implorando para que tudo aconteça rápido antes que derreta, não há tempo hábil para definirmos o que é certo ou errado. O importante é vivermos a história.
Trecho preferido: “You put your hand onto the very place my girlfriend’s hand should be” | Uma forma sutil de narrar uma situação que nos coloca em uma situação que permite as mais diversas interpretações.

11. MÚSICA PARA EX-NAMORADOS
Detalhes – Roberto Carlos
É sempre assim: quando um relacionamento chega ao fim, vislumbramos todas as possibilidades amorosas da outra pessoa, e desejamos tão secretamente que nosso amor não seja superado pelo futuro que muitas vezes acabamos acreditando nessa improvável invencibilidade, fabulando a nossa presença em cada detalhe do amor alheio.
Trecho preferido: “Mas quase também é mais um detalhe / um grande amor não vai morrer assim / por isso, de vez em quando você vai, vai lembrar de mim” | É como se exultássemos à resposta de que a chance de reconciliação fosse uma em um milhão.
Boa sorte a todos..
Fonte
Share this article :

3 comentários:

  1. Já tinha visto esse post em outro blog. Lindas músicas. Bjos

    ResponderExcluir
  2. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh! O amor!
    Tá romantica hoje hein?!?!
    Bj! (um só! contenção de despesas!)
    ;-)

    ResponderExcluir
  3. Credo Tyr só um bjim,pobreza..rsrs
    Ray tem mesmo até coloquei a fonte abaixo do texto..bjim

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar sua opinião.Um abraço fraterno e deixe teu endereço para que eu possa agradecer..Bjs
Obs: não coloque palavrão nessa merda! Obrigado.